Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Sindicato rural realiza curso para beneficiarios de cisterna de enxurrada

 O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais realizou o curso para familias beneficiada com o Projeto Cisternas de Enxurrada.
No sentido de promover a soberania, a segurança alimentar e nutricional e a geração de emprego e renda entre as famílias agricultoras, existem trabalhos também para garantir o acesso e o manejo sustentável da terra e da água para a produção de alimentos numa perspectiva agroecológica, de harmonia entre a família e o ambiente.
Só que a água da cisterna de 16 mil litros não deve ser utilizada nem para agoar as plantas nem para aliimentar os animais, porque faltaria para o consumo da própria família. Assim, depois de conseguida a primeira água, a idéia é construir outra cisterna, maior, destinada à produção. Estas segundas cisternas são de 52 mil litros e, apesar de limpa, não recebe o mesmo tratamento da primeira água.
Projeto Cisternas de Enxurrada
Em julho de 2011 teve início esse projeto, numa parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará e quatro entidades parceiras para a implantação de quintais produtivos mantidos por cisternas de enxurrada – ou seja, além da construção da cisterna o projeto oferece assessoria técnica na utilização da água e no processo de transição agroecológico.
Na cisterna de enxurrada a água captada é aquela que escorre pelo chão na declividade do próprio terreno e entra nos tanques de decantação, onde é filtrada e retirada as impurezas. A água, então, será utilizada nos espaços produtivos durante os meses de estiagem.
A meta do projeto é atender 1500 unidades familiares.

Postar um comentário

Postar um comentário