Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social realiza eleição para novos Conselheiros

A questão habitacional em nosso país é muito complexa, tendo efeitos nas três esferas do poder, mas é no município onde ela efetivamente ocorre, sendo assim, a nova Política Nacional de Habitação exige uma nova postura dos governos municipais quanto à elaboração dos seus programas habitacionais para a população de renda até três salários mínimos.
Todos os municípios interessados em resolver o problema do déficit habitacional devem aderir ao Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social - SNHIS. Para a adesão, o município deve cumprir três exigências: instituir seu Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social e o Plano Local de Habitação de Interesse Social - PHLIS. Essas exigências são imprescindíveis para que o município tenha acesso aos recursos disponibilizados pelo Fundo Nacional de Interesse Social, ampliando sua capacidade de investimentos em habitação de uma forma planejada e com acompanhamento da sociedade civil organizada.
 
 Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social
Diretoria Executiva:
Presidente: Daniel Almino
Vice- Presidente: Edson Veriato
Secretária: Rafaela Castro 

Edson Veriato 








Saiba o que é Plano Local de Habitação de Interesse Social - PLHIS 

O PLHIS é formado por um conjunto de Programas e Ações elaboradas a partir de um diagnóstico da situação habitacional do município. Ele encerra o entendimento conjunto dos diversos agentes sociais, assim como do governo municipal sobre a Habitação de Interesse Social. O Plano Local de Habitação de Interesse Social é elaborado por uma equipe municipal que pode ser assessorada por profissionais liberais ou empresas de consultoria especializadas.

O PLHIS é elaborado em três etapas:
I- Proposta Metodológica;
II- Diagnóstico;
III- Programas e Ações.
A primeira etapa é a preparação das subsequentes

Postar um comentário

0 Comentários