Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Cid, Inácio e Eunício debatem eleições em Fortaleza

Em reunião realizada no último sábado (16), PSB, PCdoB e PMDB discutiram sucessão municipal em Fortaleza. O encontro foi solicitado pela direção nacional do PCdoB, que aponta como prioridade as eleições em Fortaleza e em mais seis capitais brasileiras.

Participaram do encontro o governador e presidente estadual do PSB Cid Gomes; o coordenador das eleições municipais pelo PSB e ex-deputado federal Ciro Gomes; o presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo; a deputada federal Jô Moraes (PCdoB-MG), que também é membro da executiva nacional do PCdoB; Carlos Augusto Diógenes (Patinhas), presidente estadual do PCdoB-CE; além dos senadores Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Eunício Oliveira (PMDB).

Na pauta, o quadro da sucessão para a Prefeitura de Fortaleza e uma possível aliança das legendas. “A direção nacional do PCdoB colocou com ênfase a solicitação de que fosse estudada a candidatura de Inácio. Em caso de união dos partidos, o senador partiria de um patamar alto”, avalia Patinhas. Já o pré-candidato comunista ratificou sua candidatura. “O PCdoB terá candidatura própria em Fortaleza e descartamos a hipótese de apoiarmos outro nome”, garantiu.

Durante o encontro alguns cenários possíveis foram apresentados, dentre eles o apoio do PSB à candidatura de Inácio; uma candidatura que envolvesse os três partidos; ou cada partido sair com sua candidatura própria. Carlos Augusto descarta a possibilidade de Inácio sair como vice em uma proposta que unisse PMDB, PSB e PCdoB.

Cid Gomes disse que a reunião foi “preliminar” e garantiu que novo encontro para definir o quadro de alianças deverá ser realizado ainda nesta semana. Até a próxima sexta-feira (22/06) os partidos poderão se reunir, mais uma vez, já que a convenção do PSB, em conjunto com a do PMDB, acontecerá no próximo sábado (23/06). Já a convenção do PCdoB será realizada no sábado seguinte, dia 30 de junho.

Segundo Turno

Além da aliança, PSB, PCdoB e PMDB também discutiram apoio durante um provável segundo turno. "Podemos ficar todos unidos no segundo turno. Não descartamos essa hipótese”, destaca Patinhas.

De Fortaleza,
Carolina Campos


 Fonte:www.vermelho.org.br
 

Postar um comentário

0 Comentários