Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Salve Potengi querida!!

Foi num distante 04 de setembro de 1957, 60 anos atrás, que o povo dessa terra vibrou de alegria e patriotismo, pois surgia da insignificância para a galhardia e liberdade política a querida terra.


Quatro de setembro, data jamais esquecida,, porque é comemorado a emancipação política da querida Potengi!
Foi num distante 04 de setembro de 1957, 60 anos atrás, que o povo dessa terra vibrou de alegria e patriotismo, pois surgia da insignificância para a galhardia e liberdade política a querida terra.
Sr. Luiz Gonzaga de Figueiredo, foi o arauto e protagonista desse evento, desmembrando politicamente nosso município do de Araripe.
Daquela data até hoje, registra-se uma história de lutas, dificuldades, conquistas, crescimento contínuo, mas lento. A sua economia que em épocas passadas liderava a região com o cultivo do algodão, hoje desapareceu quase que por completo. Potengi hoje é conhecida no cenário nacional como “ A cidade que não dorme”, graças a atuação dos ferreiros, profissão que destaca-se na vida e economia da cidade. Devido o calor reinante na região do Cariri Oeste, esses ferreiros começam trabalhar diariamente após a meia noite, na confecção de foices, facas, enxadas e outros insumos agrícolas. As batidas no ferro bruto provocam um barulho que só silenciam com o raiar do dia quando eles param a lida.
Potengi, município pequeno, mas com população inquieta, corajosa, com turbilhão de sonhos a serem atingidos. Os líderes políticos são poucos e inexpressivos, mas mesmo assim buscam oportunidades e progresso para seu povo, insistindo para destacá-lo no cenário cearense e brasileiro.
Parabéns Potengi!!! 60 anos você completa e nós seus filhos, desejamos que venham muitos outros 60 anos de glórias e progresso.!!!

Altair Pacheco dos Santos Lima, baiana, naturalizada potengiense com muito orgulho.

Postar um comentário

Postar um comentário