Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Reajuste de 1,81% do salário mínimo feito por Temer é o menor em 24 anos


Reajuste de 1,81% no valor do salário mínimo para 2018 é o menor dos últimos 24 anos; com o aumento, o valor do salário mínimo passará dos atuais R$ 937 para R$ 954; segundo o Dieese, até então o menor aumento foi registrado em 1999, quando o valor teve um incremento de 5,79%; enquanto comemora a economia de R$ 3,1 bilhões sobre o salário mínimo, que serve de referência para 45 milhões de pessoas, no vale tudo para conseguir os 308 votos necessários para que a Câmara aprove a reforma da Previdência, Michel Temer determinou o remanejamento de R$ 3,6 bilhões do para comprar os votos que necessita.


247 O reajuste de 1,81% no valor do salário mínimo para o próximo ano é o menor aumento dos últimos 24 anos, desde a criação do Plano Real. Com o aumento, o valor do salário mínimo passará dos atuais R$ 937 para R$ 954, conforme anunciado pelo governo Michel Temer. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), até então o menor aumento foi registrado em 1999, quando o valor teve um incremento de 5,79%.

O índice aplicado tem como base a regra de cálculo que utiliza a soma da variação do Produto Interno Bruto (PIB) dos últimos dois anos, além da variação do INPC do a no anterior. "O governo não podia dar um reajuste maior. Não tem nenhuma decisão que o governo possa tomar diferente dessa [do valor de R$ 954 proposto para 2018]. Não é uma alternativa. No fundo, é uma notícia boa, que a inflação foi baixa", disse o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, ao portal G1.
Ainda segundo ele, o corte de R$ 11 no valor do salário mínimo em comparação com a estimava anterior, deverá resultar em uma economia de R$ 3,3 bilhões em gastos para o governo.
Com informações do Brasil 247

Postar um comentário

Postar um comentário