Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Associação da comunidade de Sassaré se posiciona contra Alvará de funcionamento cobrado pela Prefeitura Municipal

A Associação da comunidade de Sassaré, zona rural do município de Potengi  se reuniu neste sábado(10) com moradores e sócios. A reunião contou com as presenças dos Jovens Edson Veriato diretor da Assintaf (Associação dos Agricultores Familiares da Comunidade da Vila Padre Cicero), Josinaldo Rodrigues diretor de Jovens do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, o senhor Antônio Cruz presidente da federação das associações e José  Alves Freire presidente da Associação da comunidade de Melosa. 
Na reunião foi feito vários esclarecimento sobre o projeto Paulo Freire, Agro Amigo e Alvará de funcionamento que esta sendo cobrado pela prefeitura. 

Todos os sócios se posicionaram contra a cobrança do alvará de funcionamento, tendo em vista, que as associações mal conseguem se manterem com as  contribuições mensal. 
Em vez da prefeitura criar condições e incentivar as organizações comunitárias, fazem o contrário, criando mais impostos e dificultando a criação e organização das comunidades. Isso é um absurdo e acredito que a cobrança possa ser ilegal, uma vez que para tal cobrança os vereadores teriam que aprovar um projeto de lei autorizando a prefeitura a recolher tal imposto através do Alvará. Então, significa que, se a associação não pagar o alvará que é caro não terá o direito de funcionar? é isso que a atual gestão quer, fechar as associações?  Quer dizer que ate pra se organizar, agora temos que pagar ou pedir autorização a prefeitura? Realmente é difícil e atual administração peca na cobrança. A lei orgânica diz que o município deve incentivar o associativismo através de  criação de associações e dar  condições de organização para as mesmas! "Disse, Edson Veriato".

Para o presidente da Associação da comunidade o Senhor Chico Cazuza, com a cobrança ficará mais difícil por  terem outros compromissos financeiros como contador, manutenção da sede própria  e abastecimento da água que mal dar pra manter e a cobrança vem pra retirar o pouco que a associação arrecada através da contribuição mensal!

Os presidentes José Aves Freire e Antonio Cruz reforçaram que  as associações devem pedir uma explicação aos vereadores e saberem realmente se tem projeto ou não aprovando a cobrança do alvará. Isso por que segundo informações, o Secretario de Agricultura Nicodemos Rodrigues tem afirmado que tal cobrança se deve pela aprovação do projeto de lei , na câmara municipal.

O jovem Josinaldo, aproveitou a oportunidade e convidou todos os presentes para participarem de uma importante reunião com representantes do Agro Amigo, que acontecerá nos próximos dias na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.





Postar um comentário

Postar um comentário