Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

Sindicalista escreve livro que menciona greve de seis meses do Demutran de Milagres-CE; confira


Arte OKariri
O sindicalista e escritor Valdir Barbosa de Medeiros lançou no último dia 14 de julho o livro “Sindicalismo no Brasil: Derrotas e vitórias”. O evento aconteceu no Teatro Municipal Marquise Branca em Juazeiro do Norte. A obra literária conta a história dos tempos sombrios, de grandes ataques à democracia e aos direitos trabalhistas, da onda conservadora propagada por aqueles que usam a internet para denegrir, perseguir e disseminar o ódio.
Greve dos Agentes de Transito de Milagres-2015. Foto: Acervo OKariri

O livro traz textos polêmicos como a greve do Departamento Municipal de Trânsito de Milagres – DEMUTRAN, ocorrida em 2015, na gestão do ex-prefeito Hellosman Sampaio de Lacerda. Nos dois artigos com o título de “Duro Golpe”, o autor relata nos mínimos detalhes toda a luta dos agentes de trânsito de Milagres, numa greve que durou quase 06 meses, se tornando uma das maiores do Brasil na época.
Segundo o autor, todas as narrativas são fundamentadas e inspiradas na sua vivência diária de luta junto aos trabalhadores e trabalhadoras, por melhorias e condições dignas de trabalho. O livro tem em suas referências bibliográficas textos reflexivos sobre a atual conjuntura política brasileira, e sobre a importância da organização popular na reivindicação dos direitos.

Valdir Medeiros é filho natural de Cedro, estado do Pernambuco, com residência em Juazeiro do Norte por mais de 40 anos, onde integra o quadro de servidor público municipal como agente de trânsito. Valdir Medeiros acumulou uma larga experiência de 20 anos como sindicalista na região, sendo o atual presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transportes no Estado do Ceará. É membro da direção nacional da INTERSINDICAL- Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora.
O livro, Sindicalismo no Brasil: Derrotas e Vitórias, pode ser adquirido na Livraria Nobel em Juazeiro do Norte e em Milagres na Papelaria do Pepe.
Com informações do portal: O Kariri

Postar um comentário

Postar um comentário