Potengi, verás que um filho teu não foge à luta!

'Fatos têm de ser esclarecidos', diz Moro sobre movimentações atípicas de ex-assessor de Flávio Bolsonaro


O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, durante entrevista coletiva no CCBB Foto: Jorge William/Agência O Globo/07-12-2018


Futuro ministro da Justiça diz que não deve comentar caso específico
Moro reiterou que sua intenção ao trazer o Coaf da área econômica para a pasta da Justiça é fortalecer o órgão e fazer com que ele trabalhe de forma integrada a outros órgãos de controle e investigação. O ministro disse que pretende reforçar o corpo funcional do Conselho.
— Embora ele esteja em boas mãos, ele sofreu uma certa desidratação, por falta até de recursos humanos, de pessoal. Na nossa perspectiva, ele vindo ao Ministério da Justiça, haverá a possibilidade de reforçar o corpo funcional, com o que se espera que haja maior eficiência. Além disso, há a intenção de deixá-lo trabalhando mais próximo dessas operações de investigações, para que possa prestar auxílio mais próximo — afirmou o futuro ministro.
Com informações de https://oglobo.globo.com

Postar um comentário

0 Comentários